Renan Dal Zotto parabeniza elenco após conquista antecipada da Copa de Vôlei

Renan e integrantes da comissão técnica comemoram vitória contra o Japão - FIVB/Divulgação

O Brasil é campeão da Copa do Mundo 2019. Nesta segunda-feira (14), a seleção brasileira masculina de vôlei bateu o Japão, donos da casa, por 3 sets a 1 (25/17, 24/26, 25/14 e 27/25) e conquistou o título da tradicional competição que acontece de quatro em quatro anos com uma rodada de antecedência. Em Hiroshima, o time dirigido pelo técnico Renan assegurou a décima vitória em 10 jogos disputados até agora.

O último compromisso da equipe verde e amarela, mesmo com o título já garantido, será nesta terça-feira (15), contra a Itália. A partida será às 3h (de Brasília).

Para ser campeão, o Brasil derrotou as seleções do Canadá, a Austrália, o Egito, Rússia e Irã na cidade de Nagano, também no Japão. A equipe, então, mudou de sede e, em Hiroshima, bateu a Argentina, os Estados Unidos, Tunísia, a Polônia e, hoje, os japoneses.

O título brasileiro foi conquistado uma rodada antes do fim do campeonato já que, com o resultado positivo desta segunda-feira o Brasil chegou a 29 pontos e não pode mais ser alcançado pelos adversários. A Polônia é a segunda colocada na tabela, com 25 e o máximo que poderia alcançar com uma vitória nesta terça seria 28.

Maior pontuador da seleção brasileira na partida, o ponteiro Leal marcou 24 vezes no duelo contra os japoneses. Foram 19 pontos de ataque, três de bloqueio e dois de saque.

O técnico do Brasil, Renan Dal Zotto, agradeceu o empenho dos jogadores durante toda a temporada. “Muito feliz com o resultado do jogo, e claro, com a conquista do título antecipado da Copa do Mundo. Desde a primeira coletiva de imprensa, reafirmei a importância deste campeonato para o Brasil, uma competição tradicional, onde chegamos sempre fortes. Quero parabenizar cada atleta que se empenhou ao máximo durante os treinamentos. Estamos encerrando mais uma etapa após a partida de amanhã, contra a Itália, e eles estão de parabéns não só pelos resultados, mas pelo comprometimento e empenho nos treinos”, comentou Renan.

O levantador Bruninho, celebrou a conquista parabenizou os companheiros. O jogador ainda elogiou os adversários que fizeram uma partida bastante equilibrada. “Estou muito feliz por vencermos uma competição difícil como essa, trabalhamos por meses, foram 11 jogos em 15 dias, é um ritmo intenso, não é fácil. Estou orgulhoso, pois esse grupo mereceu este momento e agora vamos comemorar”, falou o capitão do time.

“Nosso povo, a imprensa brasileira espera muito de nós e fomos capazes de atender, conseguimos o título. Sabíamos que o Japão vinha jogando muito bem, realizando uma ótima campanha neste torneio. Eles possuem atletas que sacam muito bem, são muito fortes neste fundamento. Isso dificultou nosso sistema em alguns momentos”, disse Bruninho.

Na Copa do Mundo, o Brasil conta com os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os opostos Alan e Felipe Roque; os centrais Lucão, Maurício Souza, Isac e Flávio; os ponteiros Lucarelli, Leal, Douglas e Maurício Borges, e os líberos Thales e Maique. (Da CBV)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*