Lívia Lima volta com dois títulos de etapa mundial juvenil

Lívia Lima em ação no torneio de simples - Union Latinoamericana de Tenis de Mesa/Divulgação

*Permitida reprodução da matéria mediante crédito soporesportes.com.br

A sul-mato-grossense Lívia Lima participou de dois dos cinco ouros conquistados pelas seleções infantil e juvenil de tênis de mesa no Aberto do Chile, encerrado domingo (24). A etapa válida pelo Circuito Mundial foi disputada no Centro de Treinamento Olímpico de Santiago e durou cinco dias.

A mesa-tenista campo-grandense, da equipe Sogipa-RS, jogou 18 partidas na capital chilena. E o primeiro pódio veio na competição por equipes. Pela Brasil A, derrotou adversárias do Chile e do Equador até chegar à final nacional com o Brasil B. Confira o desempenho de Lívia:

Quartas de final dia 20 – Brasil 3 x 0 Chile

Livia Lima 3 x 1 Giovanna Guessi – (11/4, 11/9, 7/11, e 11/8)

Lívia Lima/Tamyres Fukase 3 X 0 Giovanna Guessi/Javiera Saavedra – (14/12, 11/1, e 11/9)

Lívia Lima 3 x 0 Cláudia Infante – (11/6, 11/7, 11/5)

Lívia Lima/Tamyres Fukase 3 x 2 Cláudia Infante/Natasha Rios – (9/11, 11/13, 11/9, 11/8, e 11/5)

Semifinais dia 21 – Brasil 3 x 1 Equador

Lívia Lima 3 x 0 Mylena Plaza – (12/10, 15/13, e 11/3)

Lívia Lima/Tamyres Fukase 3 x 0 Nathaly Paredes/Mylena Plaza – (11/7, 11/6, e 11/7)

Lívia Lima 3 x 1 Nathaly Paredes – (2/11, 11/7, 11/4, e 11/2)

Final 3 a 1 Brasil A x Brasil B

Lívia Lima 3 x 0 Laura Watanabe – (11/8, 11/5, e 11/2)

Lívia Lima/Tamyres Fukase 3 x 2 – Giulia Takahashi/Laura Watanabe – (11/8, 10/12, 11/7, 6/11, e 11/5)

Lívia Lima 3 x 1 Giulia Takahashi – (9/11, 11/4, 11/9, e 11/6)

Lívia no pódio de duplas em etapa mundial juvenil no Chile – Union Latinoamericana de Tênis de Mesa/Divulgação

Nas duplas femininas juvenil, chamadas de “veteranas” pela Confederação Brasileira (CBTM), Livia, 16 anos, faturou o primeiro lugar ao lado de Tamyres ao ganhares das donas da casa e das equatorianas. Confira

Quartas de final

Lívia Lima/Tamyres Fukase 3 x 1 Montecino Macarena/Natasha Ruiz (Chile) – (9/11, 11/8, 11/9, e 11/6)

Semifinais

Lívia Lima/Tamyres Fukase 3 x 0 Natalie Ramos/Mariam Ruiz (Chile) – (11/6. 11/6, e 11/9)

Final

Lívia Lima/Tamyres Fukase 3 x 1 Nathaly Paredes/Mylena Plaza (Equador) – (11/9, 11/6, 6/11, e 11/9)

Selfie coletivo com participantes do Aberto do Chile – ULTM/Divulgação

Já no torneio individual, a brasileira parou nas quartas de final, sua única derroa no Aberto. Sua algoz foi uma canadense, que na final perderia para a paulista Giulia Takahashi. Confira

Fase de grupos

Lívia Lima 3 x 0 Camila Cancino (Peru) – (11/1, 11/3, e 11/5)

Lívia Lima 3 x 1 Mariam Ruiz (Chile) – (6/11, 11/7, 11/6, e 11/7)

Lívia Lima 3 x 0 Giovanna Guessi (Chile) (11/6, 16/14, e 17/15)

Oitavas de final

Lívia Lima 4 x 1 Jerusalem Flores (Chile) – (11/5, 11/6, 9/11, 11/5, e 14/12)

Quartas de final

Lívia Lima 1 x 4 Benita Zhou (Canadá) – (7/11, 11/8. 6/11, 8/11, e 5/11)

“Queria agradecer a todos que torceram por mim, a todos os meus parceiros de equipe, ao meu técnico Ricardo Rieff, a minha família, e aos meus patrocinadores”, escreveu a sul-mato-grossense por meio do Facebook ainda no domingo (24). O próximo compromisso da atleta já é partir de quinta-feira (28), com a Copa Brasil em São Paulo.

No Chile, os demais títulos foram na individual infantil feminino, e nas duplas infantil masculino e feminino. Além das três medalhas de pratas e cinco bronzes.

*Permitida reprodução da matéria mediante crédito soporesportes.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*