DF supera MS e fatura Regional de Judô

Foto: Gustavo Moreira/CBJ

A cidade de Ji-Paraná, em Rondônia, transformou-se na capital do Judô da Região IV ao receber pelo menos 600 atletas para as disputas do último Campeonato Brasileiro Regional da CBJ no sábado (4) e domingo (5). Nos tatames, o destaque ficou por conta da seleção do Distrito Federal, que faturou o título tanto no masculino, quanto no feminino, no ginásio Gerivaldo José de Souza, o Gerivaldão, nos dois dias de evento.

No tatame, o primeiro lugar geral em cada gênero foi disputado medalha a medalha pelo Distrito Federal e Mato Grosso do Sul, que conquistaram, respectivamente, 35 e 28 medalhas de ouro. Em seguida, Rondônia levou oito ouros, Mato Grosso e Goiás fizeram cinco campeões e o Tocantins teve um ouro. A competição contou ainda com participação de quatro atletas do Acre, cujo melhor resultado foi um quinto lugar do meio-pesado Adriano Araújo na classe sênior.

No masculino, o quadro final de medalhas ficou com Distrito Federal em primeiro (16 ouros, 13 pratas e 21 bronzes), Mato Grosso do Sul em segundo lugar (15 ouros, 13 pratas e 26 bronzes), Goiás em terceiro (4 ouros, cinco prata e 14 bronzes), Mato Grosso em quarto (3 ouros, 5 pratas e 10 bronzes), Rondônia em quinto (3 ouros, 5 pratas e 8 bronzes), Tocantins em sexto e Acre em sétimo, sem pódios.

Já no feminino, o Distrito Federal liderou o quadro (19 ouros, 10 pratas e 21 bronzes), também seguido pelo Mato Grosso do Sul, em 2ºlugar (13 ouros, 18 pratas e 24 bronzes); Rondônia ficou em 3º (5 ouros, 4 pratas e 8 bronzes); Mato Grosso, em 4º lugar (2 ouros, 5 pratas e 10 bronzes); Goiás em 5º (1 ouro, 2 pratas e 8 bronzes); e Tocantins em 6º (1 ouro, 2 pratas e 2 bronzes). 

Ao todo, o calendário CBJ contou com cinco etapas regionais envolvendo seleções de todos os 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal. Os Campeonatos Brasileiros finais de cada classe acontecerão separadamente no segundo semestre deste ano. O Rio de Janeiro receberá, em agosto, os Brasileiros Sub-15 e Sub-18; Curitiba recebe o Sub-13 também em agosto; Lauro de Freitas (BA) sediará o Sub-21, em setembro; e o Campeonato Brasileiro Sênior será em dezembro, ainda com local a definir. (Da CBJ)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*