De bronze, atletas da Adac obtêm dois únicos pódios de MS na Sub-18

Medalhistas do lançamento de dardo do Brasileiro Sub-20, com Bruna Vieira, á direita - Deisi Teixeira/Facebook/Reprodução

Bruna Vieira, no lançamento do dardo, e Hellen Martins Messias, no salto em altura, conseguiram ficar entre as primeiras no Campeonato Brasileiro de Atletismo Sub-20, em Bragança Paulista (SP). A competição reuniu 680 atletas de clubes de 19 estados do País.

Bruna, de 16 anos, mostrou porque é uma das principais promessas do atletismo sul-mato-grossense. No dardo, ficou entre as três melhores com a marca de 46.48 metros. Atrás apenas de Stefany Navarro da Silva, de Paranavaí-PR, também de 16, com 47.25, e de Deisiane Teixeira, 18 anos, da FCTE, de Presidente Prudente-SP, com 50.84.

A atleta da Adac, de Campo Grande, optou nesta temporada por priorizar o atletismo. Até o ano passado, se dividia entre as pistas e as quadras de handebol, em que também fazia parte das seleções estaduais de base.

Já Hellen Martins Messias, 17 anos, também de acordo com resultados publicados no site oficial da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), terminou em terceiro lugar, ao lado de mais duas competidoras, no salto em altura. Com a marca de 1,62 m, terminou ao lado de Yasmin da Cruz e Thamires Evelyn. A prata foi para Vitoria Ferreira Teixeira, 18, da APCEF-MG, com 1,70m, e o ouro foi conquistado por Arielly Kailayne Monteiro Rodrigues, da Rondonópolis Associação-MT, com 1,76m.

A delegação de Mato Grosso do Sul viajou rumo ao interior paulista na quarta-feira (29) com pelo menos 20 integrantes, entre atletas e comissão técnica. A competição que terminou domingo (2), contou com equipes de Campo Grande, Corumbá e Três Lagoas, dos clubes Adac, Seninha, ATA Três Lagoas, e Associação Master. O ônibus para a viagem foi disponibilizada pela Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Na classificação geral por Estados, o destaque foi Mato Grosso, que ficou atrás apenas de são Paulo no quadro geral de medalhas. As equipes mato-grossenses conquistaram oito de ouro, uma de prata e duas de bronze, onze no total, e ficaram à frente de grandes centros como Rio de Janeiro (5 ouros, 4 pratas, 3 bronzes), Santa Catarina (5o, 1p, 5b), Minas Gerais (3o, 6p, 3b), entre outros. Mato Grosso do Sul foi apenas o 13º, empatado com Bahia e Rio Grande do Sul.

*Se for reproduzir a matéria ou parte dela, cite a fonte, beleza?! Ou ajude financeiramente a gente. Valeu!

**E, se gostou do nosso material, receba nossa newsletter “quase” diária. É de grátis, só clicar aqui

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*