ADD-MS obtém sete índices e 21 pódios no Centro-Leste

A equipe da Associação Driblando as Diferenças (ADD-MS) conquistou 21 medalhas no Regional Centro-Leste do Circuito Paralímpico Brasileiro (CPB), disputado em Uberlândia, Minas Gerais. A delegação de Mato Grosso do Sul obteve sete índices para as fases nacionais.

Segundo informações da ADD, foram 16 medalhas de ouro e 5 de prata, e troféu para melhor atleta feminino, com Selma Vargas. A técnica Marli Cassoli foi eleita a sexta melhor do evento.

A equipe de atletismo conquistou no domingo (31), oito medalhas:

Selma Vargas, classe RR3 = medalha de ouro na Petra 200m + índice;

André Luiz, RR2 = ouro na Petra 200m  + índice e ouro no club F.31;

Luan Roberto T.35 = ouro nos 200m + índice;

Jonatas Bernardo F.35  ouro no peso;

Mauro Lino F.36= ouro no peso + índice;

Jean Adriano T.37 ouro nos 5.000 + índice;

Jhonatan Bento Gamarra-, F.35, prata no arremesso de peso.

No sábado (30), foram 13 medalhas, com nove medalhas de ouro e quatro de prata:

Rosenei Herrera F.36= ouro no peso

Foto: ADD-MS/Divulgação

Selma Vargas RR3 = ouro na Petra 100m e Recorde Brasileiro + índice

André Luiz RR2 = ouro na Petra 100m e Recorde Brasileiro + índice

Luan Roberto T.35 = ouro nos 100m + índice

Jonatas Bernardo F.35  ouro no disco

Mauro Lino F.36= ouro no disco

Ademir Colman F.34= ouro no dardo e ouro no peso

Giovanna Freitas F.33  ouro no disco.

Jhonatan Bento F.35 = prata no disco

Jean Adriano T.37 = prata nos 1.500m e prata nos 800m

Giovanna Freitas F.33= prata no arremesso de peso.

Nesta competição a equipe da ADD teve apoio do NPar/Funesp e da Universidade Federal de Mato grosso do Sul (UFMS), que por meio do projeto Incluir pelo Esporte cedeu o transporte até Uberlândia. (Com Associação Driblando as Diferenças)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*